O QUE VOCÊ PROCURA? pesquise aqui.

sábado, 24 de agosto de 2013

PODERIAM AS EXAPTAÇÕES SEREM MAIS UM INDICADOR DE QUE OS SERES CARREGAM DENTRO DE SI PROGRAMAS EM ESTADOS LATENTES, CARREGAM DENTRO DE SI DETERMINADOS ESTADOS POTENCIAIS, QUE PODEM SE MANIFESTAR



Essas exaptações podem ser interpretadas também, POSSIVELMENTE, como estados latentes, potenciais, existentes no ser (quem sabe programados), que em determinado momento da evolução, quando a necessidade se fizer presente, esses estados potenciais COLAPSAM, afloram e tornam o ser funcionalmente mais capacitado para as exigências do momento evolutivo. Da mesma forma que a Mecânica Quântica nos sugere a existência do estado potencial que ao se colapsar supre as necessidades da geração e sustentação do real, da realidade física, a exaptação nos lembra essa descoberta da Mecânica Quântica. Seria isso mais uma evidência da universalização, da universalidade, das descobertas da Mecânica Quântica que ocorrem na natureza, no universo, na biologia, na evolução? Lembrando que foi dito: "Batei e abrir-se vos há", "Pedi e obtereis", Buscas e acharás", ou seja a realidade surge,é colapsada, é criada, de acordo com as nossas necessidades e para atender às nossas necessidades evolutivas. Paul Dirac, prêmio Nobel de física e um dos principais criadores da Mecânica Quântica e o segundo maior físico da história da Inglaterra, disse que a Natureza é quem provoca o colapso da superposição de estados e define um único estado real criando assim a realidade para nós. Plotino, o maior dos filósofos neoplatônicos disse que a Natureza cria por contemplação, e quem tem a capacidade de CONTEMPLAR é somente a CONSCIÊNCIA. A realidade, os fenômenos, são assim gerados para suprirem as nossas necessidades.

O texto abaixo foi apresentado pelo Marco Victor Hermeto.



http://netnature.wordpress.com/2013/08/19/grandes-exaptacoes-cientistas-descobrem-que-a-maioria-dos-tracos-emerge-sem-motivo-crucial/


Dauro Mendes