O QUE VOCÊ PROCURA? pesquise aqui.

sábado, 11 de maio de 2013

ESTARÃO CHEGANDO JÁ, ATRAVÉS DAS DESCOBERTAS DA CIÊNCIA, OS APARELHOS QUE PODERÃO LER OS NOSSOS PENSAMENTOS E SONHOS?



Se estas descobertas que relatamos abaixo se confirmarem, estaremos vendo mais uma vez a fundamentação para o que o espírito de André Luiz, através da psicografia de Chico Xavier, nos disse, nos trouxe, como informação, nos livros "Os Mensageiros", Missionários da Luz", "Nos Domínios da Mediunidade", entre outros, de que existiriam no Plano Espiritual aparelhos utilizados pelos espíritos socorristas nos seus trabalhos, que leriam o
pensamento e o estado mental, vibracional, dos espíritos que estavam sendo ajudados, sendo que alguns aparelhos, por exemplo, conseguiriam projetar o pensamento do espírito em uma tela (tipo um vídeo) para que os socorristas vissem o que se passava realmente com ele no interior de sua MENTE, que é a fonte de toda a realidade, para a partir daí ministrarem o mais adequado tratamento para ele, naquele momento. Outro aparelho relatado é o PSICOSCÓPIO, que, dentre várias coisas, é usado também para ver o estado vibracional do espírito, a sua real condição espiritual, que se reflete e se traduz nas vibrações que o espírito produz, gera, o que ajuda os espíritos socorristas, que trabalham auxiliando os outros, a identificarem a real situação espiritual daquele ser que será ajudado.

Muitas vezes achamos esquisito e curioso os espíritos terem que usar aparelhos, algumas vezes, em alguns de seus trabalhos. A imagem que muitos têm é que o mundo espiritual seria uma "abstração" e os espíritos não precisariam mais de se utilizarem de "coisas materiais". Eles lançariam mão de "milagres" e de verdadeiras "mágicas". Quem pensa assim se esquece que Deus não nos dá nada sem que nos esforcemos e trabalhemos muito para merecer. Os nossos reais poderes e assombrosas capacidades espirituais serão conquistados através de muito trabalho, através de muito estudo, e através do nosso mérito próprio, é a meritocracia, eles virão no tempo certo . Tudo tem de ser conquistado e merecido. Sendo assim, para que servem os aparelhos, porque nós nos utilizamos deles, lançamos mão deles? Eles servem para intermediarem, permitirem, facilitarem, os trabalhos, os  processos, e as ações, específicas, que precisamos realizar e que ainda, devido às nossas várias limitações físicas e às de toda ordem, não conseguimos fazer sem usarmos instrumentos, aparelhos, equipamentos, que intermediam e que nos permitam realizar os trabalhos, processos e ações necessárias. O espírito na medida que evolui, ele vai conquistando cada vez mais os seus poderes e capacidades espirituais, mentais, e passa a não precisar, cada vez mais, dos aparelhos, instrumentos, equipamentos, que como dissemos são dispositivos de intermediação que permitem ao espírito realizar determinados processos e ações físicas específicas. Sua MENTE passa a ser o grande instrumento que realiza ações físicas no Multiverso, instrumento que constrói de fato realidades físicas, a mente sendo o instrumento que tudo faz e que tudo pode fazer, claro que dentro dos limites impostos e das reais condições espirituais daquele espírito, sendo permitido poderes e capacidades diferenciados cada vez maiores, e que ao que tudo indica esses poderes e capacidades crescem em direção ao infinito, de acordo com o grau evolutivo de cada ser. Allan Kardec em A Gênese, no capítulo que trata sobre os fluidos, diz que a MENTE é para o espírito o que a mão é para o homem encarnado, ou seja, ela produz ações físicas, inclusive mecânicas, na realidade exterior ao espírito. Freeman Dyson, um dos maiores físicos da segunda geração de físicos quânticos, disse que a MENTE dominar a matéria é UM PRINCÍPIO UNIVERSAL.

Começamos usando aparelhos para intermediar as ações e os processos, depois evoluiremos para a telepatia, para a telecinesia, e para outras coisas mais, para, por exemplo, o uso de processos
telepáticos, com a qual uma mente interage diretamente com a outra mente, capta, sente, percebe, os padrões mentais gerados pela outra mente Como já dissemos em ocasiões anteriores, as descobertas da Mecânica Quântica nos ajudam a admitir a POSSIBILIDADE da telepatia ser um fenômeno verdadeiro ao nos mostrar que talvez, tudo na verdade faça parte de UM ÚNICO TODO instantaneamente interconectado com tudo, e então uma mente não estaria na verdade separada das outras mentes. Erwin Schroedinger, prêmio Nobel de física e um dos criadores da Mecânica Quântica, disse que a multiplicidade das mentes é uma ilusão e que em verdade, o que existia era apenas UMA SÓ E ÚNICA MENTE. O espaço, como um elemento separador de coisas, de elementos de realidade, passa a ser uma ilusão, um fenômeno de segunda ordem, secundário, gerado para as nossas necessidades temporárias.

A superposição de possíveis estados de realidade. implica na constituição de um sistema único caracterizado pela superposição de vários estados possíveis; a Não Localidade no, e do, Universo que nos mostra que possivelmente tudo esteja instantaneamente interconectado, interligado, com tudo, o salto quântico que o elétron dá instantaneamente de um nível de energia para o outro, no interior do átomo, sem atravessar a região do espaço que separa os níveis de energias diferentes, nos sugerem que o espaço na verdade é um efeito ilusório de segunda ordem, secundário, como também possa ser o tempo, criado e gerado para as nossas necessidades evolutivas do momento, o que nos leva a concluir, pelo menos como possibilidade, que tudo faz parte de um único todo instantaneamente interconectado com tudo. (Para ver mais sobre a fundamentação disto, acesse a publicação que fizemos no Portalsaber intitulada "O CONDENSADO DE BOSE-EINSTEIN NOS AJUDA A FUNDAMENTAR A UNICIDADE, A TOTALIDADE NO, E DO, UNIVERSO? UNICIDADE E TOTALIDADE NO, E DO, UNIVERSO NOS SUGEREM A EXISTÊNCIA DE DEUS?

Albert Einstein falou que se a Não Localidade (que implica em ação instantânea a distância, não importando de fato o tamanho desta distância, ação que ele chamou de AÇÃO FANTASMAGÓRICA) no, e do, Universo; uma das principais descobertas realizadas pela Mecânica Quântica não só pelas suas consequências no que diz respeito ao entendimento possível da realidade física, ao entendimento da natureza, às aplicações decorrentes desta descoberta em outros trabalhos de pesquisa na física pura e na aplicada, como também pelas consequências filosóficas e metafísicas importantíssimas que decorrem desta descoberta da Não Localidade no, e do, nosso Universo; Einstein falou que se a Não Localidade fosse uma verdade, e para a nossa felicidade tudo até agora indica que seja, a TELEPATIA seria uma REALIDADE, uma verdade, também. Então, segundo Einstein, a TELAPATIA é uma Realidade.

Vejam abaixo que interessante essas notícias, nos textos e no vídeo que estamos disponibilizando. Geraldo Lemos nos disse que certa vez o Chico Xavier lhe falou que a ciência praticada em colônias espirituais como Nosso Lar, está em torno de 100 anos na frente da ciência que praticamos do lado de cá da realidade. Fazendo-se rapidamente pequenos cálculos, vemos que a série de livros que descrevem os trabalhos, processos, e a vida no Plano Espiritual, bem como suas consequências morais, psicografados pelo espírito de André Luiz através do Chico  Xavier, datam da década de 50 do século XX, o que em relação aos dias de hoje dá uma diferença de aproximadamente 60 anos para que um tipo de instrumento utilizado por espíritos, que ainda precisavam eventualmente utiliza-los naquela época, comecem a chegar aqui para nós. Deus não dá asas às cobras.

Se estas descobertas forem verdadeiras e se confirmarem, isto será SENSACIONAL. O vídeo mostra a pesquisa realizada em uma das mais importantes universidades americana, que é a Universidade da Califórnia, Campus de Berkeley, onde um aparelho lê a mente do gato e reproduz o que ele está vendo. Este vídeo foi achado pelo nosso amigo Cristiano Miranda. Em um dos textos vemos que a pesquisa foi publicada pela Nature, que uma é das mais importantes revistas de publicações científicas do mundo.

O vídeo apresenta a importantíssima pesquisa, realizada na Universidade da Califórnia, onde aparelhos "leem" o que a mente de um gato está enxergando, é sensacional.



clique na imagem para ampliar ou clique com o botão direito para salvar

clique na imagem para ampliar ou clique com o botão direito para salvar




Anuário espírita 2010 (pgs 114 e 115, Editora IDE)


PENSAMENTO E MATÉRIA

“O progresso tecnológico constatará cientificamente a vida espiritual"

(Boletim SEI, Rio, RJ, 8/11/2008.)

Cientistas americanos desenvolveram uma técnica capaz de identificar as imagens vistas por uma pessoa.
Para esse feito, os pesquisadores da Universidade da Califórnia criaram um programa que analisa imagens por ressonância magnética captadas do córtex no instante em que as pessoas analisadas olhavam para uma série delas. Nos testes realizados pelos cientistas, o programa identificou nove em cada dez imagens.

A nova técnica, segundo os estudiosos, abre caminho para a criação de um aparelho que eventualmente seja capaz de fazer a leitura da memória ou dos sonhos ao reconstruir as impressões visuais. “Em breve talvez sejamos capazes de reconstruir a imagem de uma experiência visual apenas ao observar a atividade do cérebro. Imagine um aparelho que faz leituras do pensamento, capaz de reconstruir a imagem da experiência visual de uma pessoa em qualquer momento” – disse Jack Gallant, que chefiou o estudo. 

Embora otimistas, os cientistas ressaltam que, por enquanto, a técnica só pode ser usada em imagens estáticas já que os aparelhos de ressonância magnética conseguem fazer apenas uma leitura a cada três ou quatro segundos, o que impossibilita a decodificação da atividade cerebral no caso de imagens em movimento.

A descoberta foi divulgada em março pela revista científica Nature, conforme a reportagem “Cientistas criam técnica que lê imagens captadas pela mente”, publicada naquele mês pela BBC Brasil. 

*

À medida que progride tecnologicamente, o ser humano vai mais e mais se encaminhando para a constatação científica da vida espiritual. E o estudo do pensamento, certamente, muito contribuirá nesse sentido. Adiantandose, contudo, a muitas descobertas humanas, a Doutrina Espírita tem trazido à Terra, há mais de 150 anos, notícias que valem ser observadas mais atentamente. É o caso das narrativas de André Luiz, que mostra, por exemplo, em seu livro Mecanismos da mediunidade,psicografado por Chico Xavier e Waldo Vieira, como o pensamento produzido no mundo físico repercute na realidade espiritual.

“Como alicerce vivo de todas as realizações nos planos físico e extra físico, encontramos o pensamento por agente essencial. Entretanto, ele ainda é matéria,a matéria mental, em que as leis de formação das cargas magnéticas ou dos sistemas atômicos prevalecem sob novo sentido, compondo o maravilhoso mar
de energia sutil em que todos nos achamos submersos e no qual surpreendemos elementos que transcendem o sistema periódico dos elementos químicos conhecidos no mundo” – afirma o benfeitor espiritual no capítulo “Matéria mental”, onde também explica como os pensamentos da criatura determinam a sua condição vibratória, imprimindo no seu halo vital ou aura não só uma frequência determinada mas cor peculiar.

André Luiz, no capítulo 2 do livro Nos domínios da mediunidade,psicografado por Chico, fala ainda sobre um aparelho do plano espiritual denominado psicoscópio, através do qual os Espíritos conseguem identificar, sem acurada concentração mental, as vibrações dos encarnados e observar-lhes a matéria. Vale destacar também neste capítulo as palavras ditas a André Luiz pelo instrutor espiritual Áulus, que lhe apresentou o psicoscópio: “O estudo da mediunidade repousa nos alicerces da mente com o seu prodigioso campo de radiações. A ciência dos raios imprimirá, em breve, grande renovação aos setores culturais do mundo. Aguardemos o porvir”.






ILUSTRADO POR HENRIQUE LISBOA




Dauro Mendes