O QUE VOCÊ PROCURA? pesquise aqui.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Seja bem vindo papa Francisco


O Portal Saber Congratula os católicos pela eleição no novo papa e desejamos que ele  tenha um papado muito iluminado.

Abaixo lembramos a história de alguns “Chicos” católicos:

Francisco de Assis


Giovanni di Pietro di Bernardone, mais conhecido como São Francisco de Assis (Assis, 5 de julho de 1182 [1]3 de outubro de 1226), foi um frade católico da Itália. Depois de uma juventude irrequieta e mundana, voltou-se para uma vida religiosa de completa pobreza, fundando a ordem mendicante dos Frades Menores, mais conhecidos como Franciscanos, que renovaram o Catolicismo de seu tempo. Com o hábito da pregação itinerante, quando os religiosos de seu tempo costumavam fixar-se em mosteiros, e com sua crença de que o Evangelho devia ser seguido à risca, imitando-se a vida deCristo, desenvolveu uma profunda identificação com os problemas de seus semelhantes e com a humanidade do próprio Cristo. Sua atitude foi original também quando afirmou a bondade e a maravilha da Criação num tempo em que o mundo era visto como essencialmente mau, quando se dedicou aos mais pobres dos pobres, e quando amou todas as criaturas chamando-as de irmãos. Alguns estudiosos afirmam que sua visão positiva da natureza e do homem, que impregnou a imaginação de toda a sociedade de sua época, foi uma das forças primeiras que levaram à formação da filosofia daRenascença.[2]

Dante Alighieri disse que ele foi uma "luz que brilhou sobre o mundo", e para muitos ele foi a maior figura do Cristianismodesde Jesus, mas a despeito do enorme prestígio de que ele desfruta até os dias de hoje nos círculos cristãos, que fez sua vida e mensagem serem envoltas em copioso folclore e darem origem a inumeráveis representações na arte, a pesquisa acadêmica moderna sugere que ainda há muito por elucidar quanto aos aspectos políticos de sua atuação, e que devem ser mais exploradas as conexões desses aspectos com o seu misticismo pessoal. Sua vida é reconstituída a partir de biografias escritas pouco após sua morte mas, segundo alguns estudiosos, essas fontes primitivas ainda estão à espera de edições críticas mais profundas e completas, pois apresentam contradições factuais e tendem a fazer uma apologia de seu caráter e obras; assim, deveriam ser analisadas sob uma óptica mais científica e mais isenta de apreciações emocionais do que tem ocorrido até agora, a fim de que sua verdadeira estatura como figura histórica e social, e não apenas religiosa, se esclareça. De qualquer forma, sua posição como um dos grandes santos da Cristandade se firmou enquanto ele ainda era vivo, e permanece inabalada. Foi canonizado pela Igreja Católica menos de dois anos após falecer, em 1228, e por seu apreço à natureza é mundialmente conhecido como o santo patrono dos animais e do meio ambiente.[3]

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Assis

Francisco Xavier


São Francisco Xavier, nascido Francisco de Jaso y Azpilicueta, (Xavier, 7 de Abril de 1506Sanchoão, 3 de Dezembro de1552) foi um missionário cristão do padroado português e apóstolo navarro. Pioneiro e co-fundador da Companhia de Jesus, aIgreja Católica Romana considera que tenha convertido mais pessoas ao Cristianismo do que qualquer outro missionário desdeSão Paulo, merecendo o epíteto de "Apóstolo do Oriente". Ele exerceu a sua actividade missionária no Oriente, especialmente na Índia e no Japão. É o padroeiro dos missionários, da Diocese de Registro (SP) e também um dos padroeiros da Diocese de Macau.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_Xavier

Francisco de Paula


São Francisco de Paula (Paola, 27 de março de 1416Tours, 2 de abril de 1507) foi um eremita, fundador da Ordem dos Mínimos e santo da Igreja Católica.

É também conhecido como "O Eremita da Caridade", por sua opção de desprezo absoluto pelos valores transitórios da vida e dedicação integral ao socorro do próximo. Consta que num só dia o venerado de Paula atendeu em seu Mosteiro a mais de 300 pessoas necessitadas do espírito e do corpo, realizando curas prodigiosas.

Francisco de Paula fundou a "Ordem dos Mínimos", uma fraternidade que exige do interessado em nela ingressar uma única condição: que se considere um "mínimo", pois Jesus dissera que se alguém quer ser o primeiro, que seja o último e o servo de todos...

Venerado pelos pobres, pelos reis e pelos nobres de seu tempo, Francisco de Paula deu o exemplo numa época em que prosperavam os abusos eclesiásticos quando se cultivava os prazeres efêmeros e subalternos da vida. Por essa razão, foi considerado um missionário especial por sua capacidade extraordinária de resgatar os mais puros e preciosos valores evangélicos, tal qual seu mais famoso ídolo, o outro Francisco, de Assis, que vivera dois séculos antes.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Paula

Francisco de Borja


Francisco de Borja e Aragão, também Francisco de Bórgia e Aragão, foi Duque de Gandia, bisneto do Papa Alexandre VI e bisneto do rei Fernando II de Aragão, e fez-se jesuíta logo após enviuvar. Exerceu o cargo de Vice-rei da Catalunha.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Borja


Francisco de Sales


Francisco de Sales, nascido François de Sales, (Castelo de Sales, Thorens-Glières, 21 de agosto de 1567Lião, 28 de dezembrode 1622) foi um sacerdote católico, bispo de Genebra. Tem o título de Doutor da Igreja, é titular e patrono da família salesiana (fundada por São João Bosco), também patrono dos escritores e dos jornalistas.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Sales

Francisco Coll Guitart


Francisco Coll Guitart foi um frade dominicano espanhol, reconhecido como santo pela Igreja Católica.Também é conhecido pela versão castelhana de seu nome, Francesc Coll i Guitart.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_Coll_Guitart

Por favor compartilhem, cliquem nos ícones do Facebook, Orkut, G+ e Twitter abaixo.